sábado, 8 de novembro de 2008

Ao tiu Gaiteiro

Não são das Quintas(gaiteiros de Palaçoulo), mas é uma forma de homenagear o tiu Gaiteiro Velho, pai do tiu Eduardo Gaiteiro, bisavó do Nelo Gaiteiro, do Paulo Gaiteiro e.....
Certa vez, vinha o tiu Gaiteiro de uma romaria, onde tinha ido tocar umas gaitadas. Já de madrugada, ao atravessar os pinhais da Calhinha saiu-lhe pela frente uma matilha de lobos. Assustado com os bichos esfomeados que lhe faziam frente, resolveu pegar no quarto de borrego que trazia como paga da festa e foi-o cortando em pequenos bocados que atirava para longe, a ver se o deixavam seguir viagem, mas o borrego depressa se acabou e os lobos não arredaram pé. Sem saber o que fazer e vendo o caso mal parado, virou-se para os lobos e disse:
-Pois agora só se vos tocar uma gaitada!
Começou a encher o fole e os lobos puseram logo as orelhas em bico, prontos para o concerto, muito atentos á melodia da gaita, até que ás tantas sai um som mais estridente e os lobos num abrir e fechar de olhos fugiram para nunca mais serem vistos.
Mais tarde ao contar o sucedido, comentava o tiu Gaiteiro:
-Se fosse agora tinha-lhes tocado a gaitada primeiro.

video

video de Tiago Pereira

1 comentário:

  1. Amigo Edgar!

    Antes de mais desejo-te profundamente um Feliz e Próspero Ano Novo para ti e restante familia.

    Deixo aqui expresso os meus sinceros agradecimentos pela homenagem feita ao meu bisavó, que nunca conheci, mas seria o seu auto retrato o meu avô Eduardo na sua forma de pensar, agir e dialogar...

    O meu obrigado!

    Um abraço

    Paulo Sá

    ResponderEliminar